Ateus X Crentes
ola tudo bem?

Razão x Fé

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Razão x Fé

Mensagem por Admin em Qua Jun 14 2017, 13:06

O instinto de sobrevivência associado ao natural desejo pelo prazer causa o egocentrismo irracional do tipo: “Eu me amo ,. não posso mais viver sem mim e F…. o resto” pois o meu mundo irá acabar em breve!
o ser mais racional tenta conciliar seu egocentrismo nato com o ser social visando o bem comum agora e até deixando esse legado após sua morte!
Mas viver o hoje, planejando o amanhã é um ato de fé e querer planejar o futuro até depois de morto é querer continuar sendo um crente cético até depois de morto……..ha..ha..ha..ha..ha..ha..ha
Na fé temos os extremos o crente vê na morte uma porta de fuga de uma realidade que não lhe agrada, o cético o final de todos os seus problemas.

O maleficio da crença é achar que existe o paraíso onde o seu devido trabalho sera substituído por passes de magicas, então enquanto vivo se acomoda “na esperança por milagres” depois de morto!

O maleficio da descrença é plantar o pessimismo destruir a esperança, nossos sentimentos mais caros, o amor a nossa vida e ao dos nossos semelhantes, quem não deseja sonhar reencontrar com seus entes queridos, amigos que foram muito caros, seus amores perdidos, quem não vive o hoje esperando por um futuro feliz?

Os céticos pessimistas porque este se escondem debaixo de uma falsa armadura a que denominam de conformidade com a realidade,mas por debaixo dela se esconde um ser triste e sedento de esperanças por querer acreditar que existe a possibilidade de estarem errados que sim, pode haver vida após vida! Então movido por essa fé que eles buscam por evidências de Deus, mas por puro orgulho e medo de que sua fé esteja sendo irracional se agarram a ela tanto quanto um torcedor de um time fraco , que passará toda sua vida assistindo ao jogos da vida, sempre nutrindo a esperança que milagres acontecem , que poderá sair um gol contra sua lógica que são constantemente contrariadas por uma razão maior chamada Deus.




1) Ayn Rand: Não se prova fato negativo; sempre que os crentes afirmam a presença de Deus o cientista vai até lá e demonstra racionalmente a desnecessidade de Deus. O crente recua e procura uma nova “evidência” .. ou se prova ou aceita-se que não existe. Até hoje os crentes não conseguiram provar a existência de Deus.

fica até irônico um ser tão dependente, tão frágil , afirmando que algo seja desnecessário?
Deus não pode ser provado, da mesma forma que você não pode ser apresentado a um cérebro de formiga!

3)Ayn argumenta que possui autoridade  para poder afirmar que Deus não existe por que ela o ignora e permanecerá nesta ignorância até que alguém se de ao trabalho de faze-la enxergar alguma evidência.
Digamos que ela também ignore um metal existente na lua o que isto mudaria na realidade dos fatos? Este metal só passará a existir quando for colocado diante dos olhos de Ayn? Oh vénhinha poderosa! Todos Saudam a nova deusa ateista Ayn Rand!
:louva: :louva: :louva: :louva: :louva: :louva:
4)Moral do argumento de Ayn: “ a autoridade dela é embasada pela ignorância própria! “Disto deduzo que ela acredita que sua limitada visão é que define a realidade , para ela esse equivoco pode até parecer real mas, não é  os limites do sentido dela que  podem definir a realidade dos outros!óHH!  Deus!    Ayn Rand não acredita na sua existência e agora o mundo irá parar de rodar ? e o coração dela deixará de bater? Alias ele só existe e funciona  pela razão dela?  Ou pela Razão Deus? Pela razão dela eu tenho certeza que não, pois mal pode controla-lo!
5) Ela não aprova religião que são baseadas em fé e não por razões, ok talvez não seja baseadas na razão dela e sim pela de bilhões de pessoas, não podemos negar que mal grado toda política nefasta e econômica religiosa, ela também ajuda a transformar mal em bons caráter! E querer negar este fato seria o mesmo que negar razões divergentes!
6) Ayn diz que sem evidencia  nada pode ser  considerado uma possibilidade, muito provavelmente os grandes gênios conseguiram transformar suas pura intuição em geniosas realidades, essa é a diferença dos crentes para os céticos que buscam por evidencias, nós crentes criamos evidencias!
7) questionada se a ordem do universo a impressionava ela argumenta “o que tem haver isso  com a existência?Elementar ordem significa vontade lógica!E ainda endoça que não há contradição na existência lógica! Caso contrario elas não existiram! Ela parece admitir que existe uma razão lógica na existência!
8) ela diz o universo sempre esteve aqui,mas o que isto? Eu também possuo esta mesma crença!
9) você precisa de Deus para justificar  a ordem, mais daí terá que precisar de outra coisa para justificar a existência de Deus! Argumento auto contraditório  já que ela afirma que tudo sempre existiu, logo a rodem é Deus que sempre existiu!
10) ayn não se considera arrogante por afirmar que Deus não existe e tenta justificar criando espantalhos crentes que mesmo sem termos nenhuma evidência somos desajustados mentais, carentes de seres inexistentes que justifiquem nossas fraquezas humanas, ao invés de assumirmos nossas responsabilidades diante da vida!Argumento espantalico ilógico, se  afirma que a ordem é apena um conceito humano , logo é ilógico tentarmos manter  uma ordem efêmera, como se diz no popular” porque deveríamos ficar chorando pelo leite já derramado, ou Se não existe remédio para “inevitável”  inexistência ,remediado já está,mal grado toda nossa lógica, ordem ou vontade!
11) Ayn afirma ser contra Deus porque não quer destruir a razão.Sim não quer destruir a própria razão limitada,mas como já disse ela mesma não vive pela própria razão ou vontade, só não consegue admitir isso, puro orgulho!Ela diz que a Razão Deus não pode ser superior a razão humana, que auto se destrói ? ou que destrói razões que contrariam suas razões? Sim  este é o sentido da razão ateísta tentar anular a razão Deus que lhe contraria o orgulho egocêntrico! Por falar em distúrbios mentais de crentes carentes, ateus desejam ser livres, auto suficientes não suportam a ideia de serem criaturas e não o Criador sofrem do complexo de Lucifer!
12) o apresentador questiona porque crentes não podem ser otimistas esperando uma vida pós morte melhor, ela rebate dizendo que esta nossa vida já é maravilhosa que na precisamos acreditar em outra melhor ?Mas isso não é um otimismo ateu e sim o pessimismo de  um efêmero premio de consolação do tipo auto enganação: “não importa o que você acredite ou faça sua vida será breve e com mesmo  final a todas diferenças” então tente ser feliz enquanto  puder! Se iluda alegre-se tentando ser bonzinho ou malzinho, pois nada diante  da inexistência nada  disto importa  Obs. Mas seja tão rápido  quanto sua vida!
obs: apesar de discordar dos argumentos ateísta da Ayn Rand acho ela uma velhinha simpática!
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 1374
Data de inscrição : 14/06/2017

Ver perfil do usuário http://ateusxcrentes.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum